Festival da Água Em Myanmar: O Que Você Precisa Saber Antes de Abraçar As Celebrações de Thingyan

November 27, 2015

Participar do Festival da Água em Myanmar provavelmente vai soar como uma ótima ideia para muitos viajantes e turistas. No entanto, pode ser muito difícil aguentar os 4 (às vezes cinco, dependendo de onde você está) dias pesados de muita loucura e muita água.

 

Isto é o que eu descobri depois de participar do festival.

 

1.As maiores cidades realizam as maiores e mais loucas festas.                      

 

A celebração do Thingyan nos grandes centros vai muito além de crianças esguichando pistolas de água em todos que cruzam seu caminho. Cidades como Yangon e Mandalay recebem cantores locais que se apresentam em grandes palcos chamados pandals. Cada pandal oferece um tipo de entretenimento diferente, mas todos eles são equipados com várias mangueiras (às vezes tão grandes e poderosas quanto uma mangueira de incêndio), para que as pessoas possam se divertir molhando todos que passam por baixo. Pandals com Djs começam bem cedo, por volta das 10 da manhã.

 

 

2. Os estrangeiros são convidados a participar de alguns shows nos pandals gratuitamente

 

Na minha opinião, pandals são definitivamente os melhores lugares para se estar para apreciar este festival maluco (ou pandals ou na parte de trás de um caminhão com os habitantes locais, mas você vai acabar fazendo as duas coisas). Os preços dos Pandal variam entre US$ 10 e US$ 150, mas alguns deles usam os estrangeiros como iscas para atrair outros moradores pagantes e terão o prazer de convidá-lo gratuitamente. Esteja pronto para ter os moradores locais te cercando e pedindo para tirar fotos, tentando dançar junto com você (macho com macho, fêmea com fêmea) ou simplesmente perguntando se você está feliz. Também saiba que as cervejas serão o dobro do preço nos pandals (mas ainda será menos do que US$ 5,00).
 

 

 

3. Os homens ficam muito bêbados, muito cedo

 

Pelo que eu notei, haverá muito mais homesn festando nas ruas do que mulheres e eles começam cedo. Na verdade, às 11h da manhã alguns já estão mesmo mais pra lá do que pra cá de tão bêbados. Tenha cuidado extra no período da tarde, quando eles já beberam por um tempo, para evitar pisar em vômito, especialmente ao redor das árvores.

 

4. A festa pára para o almoço

 

O festival geralmente começa por volta das 10:00 horas e para às 12:30 para o almoço (e também porque este é o horário mais quente do dia). A sessão da tarde começa às 15:00 e assim que você chega no ápice da diversão, de repente tudo para abruptamente de novo as 18:30. Claro que muitas pessoas continuam festando, mas a maioria dos pandals vai parar a música esse horário e bloquear a água que sai das mangueiras, o que certamente faz diminuir a diversão.

 

5. As ruas vão inundar e você estará andando em meio ao cuspe de betel nut

 

Acredite em mim, lá realmente inunda. Tanto é que as crianças podem até nadar. O cuspe vermelho do betel nut, conhecido também como bétele ou noz de areca (uma espécie de substituto do tabaco que os burmeses ficam mascando o dia todo e que deixa a boca e os dentes todos vermelhos), vai misturar com a água e você não terá outra escolha senão fingir que nada está acontecendo e continuar andando. Tenha cuidado ao atravessar as ruas para evitar cair nos esgotos cada vez mais profundos.

 

 

6. Você vai se molhar os 4 (às vezes 5) dias seguidos, mesmo que você não queira

 

A brincadeira nunca vai ficar velha para os moradores e eles não vão respeitar a sua vontade se você disser que não quer se molhar. Guarda-chuvas e capas de chuva serão inúteis. O último dia do festival (um dia antes do Ano Novo) é o pior e as pessoas vão tentar parar até mesmo os carros, pedindo-lhes para abrirem as janelas para que eles possam jogar água dentro do carro. E fica ainda pior no período da tarde, quando os efeitos do álcool começam a aparecer.

 

 

 7. Você vai precisar de um saco impermeável ou similar para proteger seus eletrônicos.

 

Mais uma vez, eles não se importam se você tiver um laptop ou tablet em sua mochila ou uma câmera em torno de seu pescoço, eles vão te molhar de qualquer maneira.

 

 

8. Festival da Água em Myanmar: Acidentes com motos aumentam significativamente

 

Tenha cuidado para não ser atropelado. O povo birmanês bebe e dirige. Os indivíduos também usam umas máscaras engraçadas durante o festival, o que limita a visão. A menos que você esteja em Yangon, onde é proibido conduzir motos, você com certeza verá alguns caras de moto tentando beber, jogar água nos estrangeiros e dirigir ao mesmo tempo, tudo isso vestindo uma máscara que cobre o rosto todo. Espere para ver muitas motos na mesma situação, todos juntos. Deu para imaginar, né?

 

 

 

9. Beba sua cerveja/água/refresco no cantinho

 

Qualquer movimento com a boca vai ser perigoso. A água vem de alguns lugares "interessantes" e as gotas de água suja tendem a pousar nos lábios ou nas bebidas das pessoas, tornando o simples ato de tomar qualquer coisa,um desafio. Então, cuidado com a boca em todos os momentos, se você não quer correr o risco de beber a água jogada em você. Eles também veem como uma novidade jogar água no rosto das pessoas e acham a maior graça.

 

10.Mulheres e estrangeiros são sempre o alvo principal

 

Se você é um estrangeiro do sexo feminino, a punição, quer dizer "bênção" (porque eles falam que a água é para lavar os pecados da cidade), vai ser dupla.

 

 

 

11. Muitas lojas vão fechar ou oferecer menus limitados durante as festividades

 

Os preços serão mais elevados também.

 

12. Viajar por terra vai demorar mais tempo

 

Os carros precisam desacelerar e algumas vezes parar para evitar atropelamento dos grupos nas estradas, dançando ao som de música alta e jogando água para todo lado.

 

 

13. O sol se põe e a água gelada surge

 

Não se iluda quando as mangueiras pararem de jorar água e o sol comece a desaparecer. A galera vai usar até a água do gelo derretido de dentro dos isopores de cerveja se necessário. Durante o dia, a água refresca você do calor, mas à noite, já frio e encharcado, essa água gelada extra surge como um presente bem inesperado.

 

Não se deixe enganar pelos monges. Muitas vezes, eles foram os primeiros a iniciar a batalha da água!

 

 

14. Os táxis vão parar de funcionar e, os que continuam funcionando, vão cobrar o dobro, as vezes até o triplo por uma corrida.

 

15. Se você não pode vencê-los, junte-se a eles!

 

Se tentar continuar seco não estiver funcionando, vai com a galera e se junta à festa! O povo birmanês é super receptivo e vai te receber de braços abertos para festar com eles.

 

Depois de toda essa experiência, se você realmente está procurando roteiros exóticos para fazer, aconselho a pensar em Myanmar como seu próximo destino. Apesar de todos os perrengues, estar em Myanmar para o festival da água foi uma das experiências mais marcantes da minha vida.  

 

 

 

 

 

Please reload

Featured Posts

Aprendendo Sobre os Aborígines da Austrália Sem Sair de Sydney: Parque Nacional Ku-ring-gai Chase

August 21, 2015

1/2
Please reload

Recent Posts

August 12, 2016

August 9, 2016

July 27, 2016

Please reload

Archive